Antibióticos

Os antibióticos são medicamentos que ou matam ou previnem a multiplicação de bactérias. Estes medicamentos são usados para tratar infecções bacterianas em praticamente todas as regiões do corpo. As Penicilinas e as Sulfonamidas foram os primeiros Antibióticos a serem comercializados durante a 2ª Guerra Mundial, desde então centenas de novos antibióticos foram descobertos.

Os efeitos benéficos da terapia com antibióticos podem variar de ligeiros a essenciais para a manutenção da vida do animal. É possível para as infecções bacterianas não controladas espalharem-se invadindo os tecidos vizinhos ou disseminarem-se para outras partes do corpo através da corrente sanguínea. O uso consciente de antibióticos pode ajudar a controlar infecções que de outra maneira se poderiam tornar potencialmente letais.

Os antibióticos não podem combater infecções provocadas por vírus ou fungos, podendo no entanto ser usados como coadjuvantes no tratamento destas, prevenindo ou combatendo infecções bacterianas secundárias.

As Resistências são dos principais problemas associados ao uso generalizado de antibióticos, muitas bactérias desenvolveram resistências a alguns antibióticos tornando-se insensíveis à sua acção, continuando a multiplicar-se e aumentando a infecção mesmo quando se procede ao tratamento.

Devido às possíveis resistências é aconselhável que todo o tratamento com antibióticos deve ser levado até ao final, mesmo que o animal apresente melhoras mais cedo que o previsto, ou que aparente estar totalmente recuperado! Se o tratamento é suspendido prematuramente existe o risco de bactérias parcialmente resistentes se multiplicarem e darem origem a uma nova geração de bactérias sucessivamente mais resistentes e difíceis de controlar.

A escolha do antibiótico indicado para o seu animal é uma importante decisão feita pelo seu Médico Veterinário, a razão pela qual existem tantos antibióticos é que cada um tem um perfil actuando melhor que outro para diferentes partes do corpo ou diferentes tipos de bactérias.
Idealmente a escolha de um determinado antibiótico deveria ser baseada em análise laboratorial do tipo de bactérias presentes (cultura) e testagem de quais os antibióticos mais eficazes contra elas (antibiograma).

Se o tratamento do seu animal não está a produzir os efeitos desejáveis, poderão ser necessários mais exames para averiguar a necessidade de alterar a medicação ou identificar outras possíveis causas para o problema do seu animal.
Como qualquer outra medicação os antibióticos podem raras vezes provocar reacções adversas. Uma das reacções mais frequentes é um ligeiro mal-estar do tracto gastrointestinal podendo levar a diarreias ou vómitos que rapidamente desaparecem após a remoção do antibiótico.

Se desconfia que o seu animal faz uma reacção inesperada ao tratamento, por favor informe o seu Médico Veterinário de forma a reavaliar a situação terapêutica do seu animal.